Bateria Ego-V voltagem variável

Autenticar

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Menu

PERGUNTAS FREQUENTES:

Acerca do Cigarro Eletrónico...

É também chamado de e-cigarro, e-cig ou e-cigarette:
É um aparelho eletrónico desenvolvido com o objetivo de simular um cigarro tradiocional e o ato de fumar.
É um dispositivo que produz vapor inalável com ou sem nicotina, apresentando diversos sabores (tabaco, mentol, frutas, etc...) e podendo servir como uma alternativa ao fumador, pois, além de conter nicotina, também proporciona sabor e sensação física semelhante ao do fumo do tabaco inalado, embora não contenha tabaco, combustão nem fumo.
O cigarro eletrónico imita o hábito de fumar, o que para muitos fumadores é um dos obstáculos para o sucesso em parar de fumar tabaco.
Existem diversos modelos disponíveis no mercado, sendo que o chamado cigarro eletrónico vai além de oferecer uma alternativa ao fumador de cigarros convencionais, pois já existem dispositivos em forma de charutos, cigarrilhas, cachimbo, entre outros muitos formatos. Atualmente, a maioria dos cigarros eletrónicos disponíveis para venda são reutilizáveis e contém peças de reposição e/ou recarregáveis.
Porém, é possível também encontrar cigarros eletrónicos totalmente descartáveis, sendo usados mais como uma versão de testes.

Componentes e funcionamento...

O cigarro eletrónico é constituído basicamente por três partes:
- Uma bateria com alguns componentes eletrônicos;
- Um atomizador (também chamado de vaporizador);
- Um inalador (Drip-Tip);
funciona da mesma forma que os adesivos e pastilhas de nicotina, entregando aos poucos esta substância ao fumador.
Nos modelos de cigarro eletrónico recarregáveis, o utilizador controla e ativa a produção de vapor através de um botão (geralmente posicionado na bateria). O vapor é libertado aquando da ativação para que o utilizador o possa inalar. Desta forma, o cigarro eletrônico simula perfeitamente o ato de fumar.

E-liquido...

O e-líquido é um líquido mais viscoso do que a água, apresenta uma alta tensão superficial e tem a propriedade de ser facilmente transformado em vapor, sendo, portanto, usado como veículo para a nicotina chegar aos pulmões.
Na maioria dos e-líquidos, o principal componente é o propilenoglicol, seguido de glicerina, água, nicotina e aromatizantes.
Os e-líquidos não comteem, deste modo, alcatrão, monóxido de carbono e nenhuma das outras substâncias correntemente encontradas em produtos ou derivados do tabaco.

Relações com a saúde...

O tabagismo, ou seja, o ato de fumar tabaco é um problema sério de saúde mundial.
Com mais de 4000 compostos químicos, 60 dos quais canceríginos, o tabaco afeta negativamente todas as partes do corpo humano.
O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.
O tabagismo passivo é considerado a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo ativo e ao consumo excessivo de álcool.
Um estudo feito pela "Revista Britânica de Medicina" (British Medical Journal), de agosto de 2004, relatou que um cigarro liberta 10 vezes mais poluição no ar do que um motor a diesel.

Porque escolher o cigarro eletrónico?

Vários estudos têm demonstrado que este dispositivo apresenta enormes vantagens em relação ao cigarro tradicional, pois, justamente por não possuir tabaco ou combustão, apresentando somente a nicotina (ou não), traz uma série de benefícios:
- Não compromete o olfato e o paladar;
- Não causa escurecimento dos dentes, inflamação das gengivas e mau hálito;
- Não causa envelhecimento da pele (rugas);
- Não deixa mau cheiro no utilizador nem no ambiente que o rodeia;
- Não compromete o fôlego;
- Não causa catarro;
- Não causa tosse crônica;
- Não promove risco de incêndio;
- Não polui o meio ambiente com beatas;
- Não provoca doenças relacionadas com o cigarro comum como: pneumonia, cancro (do pulmão, bexiga, laringe, faringe, esôfago, boca, estômago), infarto de miocárdio, bronquite crônica, enfisema pulmonar, derrame cerebral, trombose, úlcera digestiva, impotência sexual, etc...;
- Não expõe outras pessoas aos riscos da fumo do tabaco (fumadores passivos);
- Por ultimo, é mais barato que o cigarro tradicional.

Quem não deve usar o cigarro eletrónico?

- Crianças e menores de 18 anos;
- Mulheres grávidas ou em aleitamento;
- Pessoas com o sistema imunitário debilitado;
- Pessoas com doenças de coração e propensas a ter tensão alta;
- Pessoas alérgicas à nicotina.

O e-cigarro pode-me ajudar a deixar de fumar?

O e-cigarro não se enquadra na categoria de produtos anti-tabagismo, embora em alguns países europeus se encontre à venda em farmácias.
É de notar que pode utilizar o e-cigarro em alternativa às pastilhas ou aos adesivos de nicotina, mantendo ainda o prazer de fumar.
Na maioria dos casos consegue-se reduzir significativamente o consumo de tabaco graças ao e-cigarro.

Posso utilizar o e-cigarro em qualquer lugar?

O e-cigarro não é considerado como tabaco, não liberta fumo, apenas liberta vapor.
Pode ser usado em locais públicos, tais como escritórios, aéroportos, restaurantes, etc...
No entanto pode ser confrontado com a sua utilização no caso de ser confundido com o cigarro tradicional; convém nesse caso explicar a diferença entre os 2 e que o e-cigarro não é tabaco, que não liberta fumo mas sim um simples vapor inofensivo, não afetando quem o rodeia.

Quando devo substituir o atomizador?

O atomizador é uma peça delicada e considerada como um consumível, tem um tempo de vida útil relativamente curto, sendo necessário substitui-lo com alguma frequência.
Por experiência, o atomizador deverá ser substituído num prazo máximo de entre 3 a 5 semanas (consoante a utilização).
Para mais comodidade, recomendamos ter à disposição vários atomizadores para substituição e no caso de utilizar aromas diferentes.

O e-cigarro necessita manutenção?

Sim, é necessário alguma manutenção para manter o dispositivo em boas condições:
A limpeza frequente dos contactos entre a bateria e o atomizador ajuda a manter uma ligação eléctrica eficiente.
Pode-se retirar o drip-tip e soprar na parte superior do atomizador para retirar o excesso de líquido, ou em alternativa deixar o atomizador com a parte do contacto virada para cima durante algumas horas, isto no caso do atomizador continuar a produzir pouco vapor.

Um frasco de 10ml de e-líquido corresponde a quantos cigarros tradicionais?

Depende de vários factores (como a voltagem da bateria, ou o tempo exercido a pressionar o botão de contacto do dispositivo).
Mas, em média, um frasco de 10ml, corresponderá aproximadamente a 10 maços de 20 cigarros tradicionais (+/- 200 cigarros).

Um frasco de 10 ml de e-líquido pode encher quantas vezes um atomizador?

Os atomizadores mais comuns (nomeadamente os Vision) podem conter até 1.6ml de e-liquído.
Com um frasco de 10ml poderá encher um atomizador cerca de 6 a 8 vezes (isto depende obviamente da quantidade que é introduzida no reservatório a cada carga).

Qual o tempo de vida de uma bateria?

O tempo de vida útil de uma bateria, é, em média cerca de 1 ano.
Convém evitar quedas ou diferenças de temperatura elevadas para optimizar a sua longevidade.
Devem-se evitar as quedas. Deve-se evitar a exposição ao calor, frio extremo e humidade. Não se deve molhar ou aproximar a bateria de ondas magnéticas.
A bateria de iões de lítio perde a capacidade consoante a utilização, é considerada uma peça consumível, pelo que é sempre boa ideia ter uma bateria de reserva.

A luz do e-cigarro começou a piscar e deixou de produzir vapor, o que fazer?

A luz do e-cigarro pisca 10 vezes para indicar que é necessário recarregar a bateria e pisca 3 vezes quando liga/desliga.

Quanto tempo demora uma bateria a carregar?

Depende da potência da bateria, poderá levar entre 1H30 a 3H00.

end faq

PERGUNTAS FREQUENTES:

Acerca do Cigarro Eletrónico...

É também chamado de e-cigarro, e-cig ou e-cigarette:
É um aparelho eletrónico desenvolvido com o objetivo de simular um cigarro tradiocional e o ato de fumar.
É um dispositivo que produz vapor inalável com ou sem nicotina, apresentando diversos sabores (tabaco, mentol, frutas, etc...) e podendo servir como uma alternativa ao fumador, pois, além de conter nicotina, também proporciona sabor e sensação física semelhante ao do fumo do tabaco inalado, embora não contenha tabaco, combustão nem fumo.
O cigarro eletrónico imita o hábito de fumar, o que para muitos fumadores é um dos obstáculos para o sucesso em parar de fumar tabaco.
Existem diversos modelos disponíveis no mercado, sendo que o chamado cigarro eletrónico vai além de oferecer uma alternativa ao fumador de cigarros convencionais, pois já existem dispositivos em forma de charutos, cigarrilhas, cachimbo, entre outros muitos formatos. Atualmente, a maioria dos cigarros eletrónicos disponíveis para venda são reutilizáveis e contém peças de reposição e/ou recarregáveis.
Porém, é possível também encontrar cigarros eletrónicos totalmente descartáveis, sendo usados mais como uma versão de testes.

Componentes e funcionamento...

O cigarro eletrónico é constituído basicamente por três partes:
- Uma bateria com alguns componentes eletrônicos;
- Um atomizador (também chamado de vaporizador);
- Um inalador (Drip-Tip);
funciona da mesma forma que os adesivos e pastilhas de nicotina, entregando aos poucos esta substância ao fumador.
Nos modelos de cigarro eletrónico recarregáveis, o utilizador controla e ativa a produção de vapor através de um botão (geralmente posicionado na bateria). O vapor é libertado aquando da ativação para que o utilizador o possa inalar. Desta forma, o cigarro eletrônico simula perfeitamente o ato de fumar.

E-liquido...

O e-líquido é um líquido mais viscoso do que a água, apresenta uma alta tensão superficial e tem a propriedade de ser facilmente transformado em vapor, sendo, portanto, usado como veículo para a nicotina chegar aos pulmões.
Na maioria dos e-líquidos, o principal componente é o propilenoglicol, seguido de glicerina, água, nicotina e aromatizantes.
Os e-líquidos não comteem, deste modo, alcatrão, monóxido de carbono e nenhuma das outras substâncias correntemente encontradas em produtos ou derivados do tabaco.

Relações com a saúde...

O tabagismo, ou seja, o ato de fumar tabaco é um problema sério de saúde mundial.
Com mais de 4000 compostos químicos, 60 dos quais canceríginos, o tabaco afeta negativamente todas as partes do corpo humano.
O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.
O tabagismo passivo é considerado a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo ativo e ao consumo excessivo de álcool.
Um estudo feito pela "Revista Britânica de Medicina" (British Medical Journal), de agosto de 2004, relatou que um cigarro liberta 10 vezes mais poluição no ar do que um motor a diesel.

Porque escolher o cigarro eletrónico?

Vários estudos têm demonstrado que este dispositivo apresenta enormes vantagens em relação ao cigarro tradicional, pois, justamente por não possuir tabaco ou combustão, apresentando somente a nicotina (ou não), traz uma série de benefícios:
- Não compromete o olfato e o paladar;
- Não causa escurecimento dos dentes, inflamação das gengivas e mau hálito;
- Não causa envelhecimento da pele (rugas);
- Não deixa mau cheiro no utilizador nem no ambiente que o rodeia;
- Não compromete o fôlego;
- Não causa catarro;
- Não causa tosse crônica;
- Não promove risco de incêndio;
- Não polui o meio ambiente com beatas;
- Não provoca doenças relacionadas com o cigarro comum como: pneumonia, cancro (do pulmão, bexiga, laringe, faringe, esôfago, boca, estômago), infarto de miocárdio, bronquite crônica, enfisema pulmonar, derrame cerebral, trombose, úlcera digestiva, impotência sexual, etc...;
- Não expõe outras pessoas aos riscos da fumo do tabaco (fumadores passivos);
- Por ultimo, é mais barato que o cigarro tradicional.

Quem não deve usar o cigarro eletrónico?

- Crianças e menores de 18 anos;
- Mulheres grávidas ou em aleitamento;
- Pessoas com o sistema imunitário debilitado;
- Pessoas com doenças de coração e propensas a ter tensão alta;
- Pessoas alérgicas à nicotina.

O e-cigarro pode-me ajudar a deixar de fumar?

O e-cigarro não se enquadra na categoria de produtos anti-tabagismo, embora em alguns países europeus se encontre à venda em farmácias.
É de notar que pode utilizar o e-cigarro em alternativa às pastilhas ou aos adesivos de nicotina, mantendo ainda o prazer de fumar.
Na maioria dos casos consegue-se reduzir significativamente o consumo de tabaco graças ao e-cigarro.

Posso utilizar o e-cigarro em qualquer lugar?

O e-cigarro não é considerado como tabaco, não liberta fumo, apenas liberta vapor.
Pode ser usado em locais públicos, tais como escritórios, aéroportos, restaurantes, etc...
No entanto pode ser confrontado com a sua utilização no caso de ser confundido com o cigarro tradicional; convém nesse caso explicar a diferença entre os 2 e que o e-cigarro não é tabaco, que não liberta fumo mas sim um simples vapor inofensivo, não afetando quem o rodeia.

Quando devo substituir o atomizador?

O atomizador é uma peça delicada e considerada como um consumível, tem um tempo de vida útil relativamente curto, sendo necessário substitui-lo com alguma frequência.
Por experiência, o atomizador deverá ser substituído num prazo máximo de entre 3 a 5 semanas (consoante a utilização).
Para mais comodidade, recomendamos ter à disposição vários atomizadores para substituição e no caso de utilizar aromas diferentes.

O e-cigarro necessita manutenção?

Sim, é necessário alguma manutenção para manter o dispositivo em boas condições:
A limpeza frequente dos contactos entre a bateria e o atomizador ajuda a manter uma ligação eléctrica eficiente.
Pode-se retirar o drip-tip e soprar na parte superior do atomizador para retirar o excesso de líquido, ou em alternativa deixar o atomizador com a parte do contacto virada para cima durante algumas horas, isto no caso do atomizador continuar a produzir pouco vapor.

Um frasco de 10ml de e-líquido corresponde a quantos cigarros tradicionais?

Depende de vários factores (como a voltagem da bateria, ou o tempo exercido a pressionar o botão de contacto do dispositivo).
Mas, em média, um frasco de 10ml, corresponderá aproximadamente a 10 maços de 20 cigarros tradicionais (+/- 200 cigarros).

Um frasco de 10 ml de e-líquido pode encher quantas vezes um atomizador?

Os atomizadores mais comuns (nomeadamente os Vision) podem conter até 1.6ml de e-liquído.
Com um frasco de 10ml poderá encher um atomizador cerca de 6 a 8 vezes (isto depende obviamente da quantidade que é introduzida no reservatório a cada carga).

Qual o tempo de vida de uma bateria?

O tempo de vida útil de uma bateria, é, em média cerca de 1 ano.
Convém evitar quedas ou diferenças de temperatura elevadas para optimizar a sua longevidade.
Devem-se evitar as quedas. Deve-se evitar a exposição ao calor, frio extremo e humidade. Não se deve molhar ou aproximar a bateria de ondas magnéticas.
A bateria de iões de lítio perde a capacidade consoante a utilização, é considerada uma peça consumível, pelo que é sempre boa ideia ter uma bateria de reserva.

A luz do e-cigarro começou a piscar e deixou de produzir vapor, o que fazer?

A luz do e-cigarro pisca 10 vezes para indicar que é necessário recarregar a bateria e pisca 3 vezes quando liga/desliga.

Quanto tempo demora uma bateria a carregar?

Depende da potência da bateria, poderá levar entre 1H30 a 3H00.

end faq

{loadposition accordionfaq4}

 

 

 
Cigarroeletronico.pt. Copyright © 2017. Design e criação site EnjoyVaper lda.